Pages

Orgânicos: por outra relação com a terra

Produtores orgânicos e agroecológicos propõem reforçar vínculo com nosso chão – e se contrapõem à crueldade do agronegócio, que desemprega e desmata. Quem apoia nosso jornalismo concorre a uma cesta de alimentos do Sítio A Boa Terra



De BLOGDAREDAÇÃO, 14 de Setembro 2022
Por Guilherme Arruda


Outras Palavras e Sítio A Boa Terra realizarão o sorteio de uma cesta de alimentos orgânicos entre os apoiadores do nosso jornalismo. O formulário de participação será enviado por e-mail e aceitará inscrições até terça-feira, 20/9, às 14h. Quem é Outros Quinhentos também tem 10% de desconto no site do Sítio.

Algumas imagens marcaram o noticiário da última semana. Primeiro, um empresário do agro e apoiador do atual presidente decidiu gravar e divulgar um vídeo em que nega cestas básicas a uma senhora carente e, ato contínuo, declara seu apoio ao fascista. No dia seguinte, movimentos de trabalhadores rurais garantiram que a mulher, uma trabalhadora doméstica de Itapeva (SP), receberá por seis meses cestas de alimentos oriundos da luta pela reforma agrária.

A forte contradição entre essas duas atitudes é a clivagem que divide o Brasil em dois nesse momento.

Nos últimos anos, a economia e a política do Brasil vêm sendo crescentemente hegemonizadas pelo suprassumo da frieza: uma indústria agropecuária que se mecaniza desempregando trabalhadores do campo, derrubando milhares de quilômetros de mata, deixando corpos pelos caminhos – negando alimento aos que têm fome.

Insurgem, porém, no outro lado do campo, as iniciativas orgânicas e agroecológicas. Desenvolvem um uso da tecnologia que se combina com a preservação da força de trabalho. Constroem uma relação de complementaridade com as vegetações nativas. Convidam a população a conhecer seus sítios e assentamentos, para nutrir o carinho pela terra e por quem nela trabalha. Valores, aliás, intrínsecos à sua forma de organização da produção.

Produzindo alimentos orgânicos desde 1981, o Sítio A Boa Terra é pioneiro nesta seara. Desde 2015, quando visitamos sua sede, reconhecemos seus esforços pelo reconhecimento da importância da agricultura orgânica para a construção do Brasil que queremos. Você também pode marcar uma visita ao sítio, em Itobi (SP), caso queira conhecer seu trabalho.

Surgidos no contexto de um experimento de reforma agrária que organizou a Associação dos Trabalhadores Rurais de Itobi (ATRAI), nossos parceiros sempre estiveram ligados à busca de um meio rural mais justo. Conectado com o momento social crítico da nação, o Sítio também se engajou na distribuição de alimentos para famílias em situação de insegurança alimentar, condição que já afeta 33 milhões de brasileiros. A Boa Terra contribui oferecendo cestas orgânicas, levando comida sem veneno para a mesa de quem mais precisa.


Trabalhadores no Sítio A Boa Terra, em Itobi (SP). Imagem: Sítio A Boa Terra/Divulgação.

Os apoiadores do nosso jornalismo concorrem todos os meses a uma cesta de alimentos orgânicos oferecida em parceria com o Sítio A Boa Terra. Neste mês, o sorteio ficará aberto de hoje até a próxima terça-feira, 20/9, às 14h. O formulário de participação será enviado via e-mail por meio do boletim do Outros Quinhentos.

Quem faz parte da rede Outros Quinhentos de colaboração com o jornalismo independente de Outras Palavras também ganha um cupom de 10% de desconto no site do Sítio. Como os produtos são de época, as ofertas estão sempre mudando: nessa semana, A Boa Terra oferece morangos, doce de leite, bolo de banana e cogumelos shimeji, entre outros. Alimentos 100% orgânicos e sem veneno.

Faça parte deste embrião de rede de economia solidária e desfrute também dos orgânicos produzidos com o amor de quem está intimamente ligado à nossa terra – além de acessar todas as outras contrapartidas oferecidas por nossa rede de parceiros. Conheça os planos da rede Outros Quinhentos e contribua conosco.

Não sabe o que é o Outros Quinhentos?
Somos, desde 2013, o primeiro caso brasileiro de site sustentado essencialmente por seus leitores. Por meio do programa Outros Quinhentos, você contribuiu com nosso jornalismo de profundidade, apoia sua ampliação e participa da nossa rede de parceiros, orientada por lógicas opostas às do mercado.
É um embrião de rede de Economia Solidária. O espaço publicitário do site é oferecido, gratuitamente, a produtores de Cultura e Agroecologia. Eles não pagam em dinheiro, mas com seus produtos e serviços – compartilhados com nossos apoiadores. São gratuidades e descontos expressivos em livros, cursos, assinaturas de revistas, restaurantes, espetáculos, entre outros! Autonomia são outros quinhentos, e por isso convidamos você a fazer parte dessa rede de economia solidária com a gente. Se interessou? Clica aqui!


GUILHERME ARRUDA
Redator do projeto Outros Quinhentos. Historiador pela Universidade de São Paulo (USP). No jornalismo, já colaborou com veículos como Carta Maior e Vermelho. Na pesquisa, estuda a formação das nações latino-americanas no século XIX. Na educação, constrói a Escola Nacional Eliana Silva, do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB).

Nenhum comentário:

Postar um comentário