Pages

Los Angeles vai anular condenações relacionadas à maconha nos últimos 30 anos

A Comarca de Los Angeles, na Califórnia (EUA), pretende anular quase 60 mil condenações por maconha das últimas três décadas


Do Brasil 247, 2 de outubro de 2021


A Cannabis sativa, planta da qual se extrai a maconha. (Foto: Michaela Rehle/Reuters)

247 - A Comarca de Los Angeles, na Califórnia (EUA), vai indeferir cerca de 58.000 condenações a mais por maconha que datam dos últimos 30 anos, uma ação estimulada em parte pela legalização da maconha recreativa no estado há alguns anos. Os relatos foram publicados em reportagem da CNN.

O promotor George Gascón afirmou na última segunda-feira (27) que "o indeferimento dessas condenações significa a possibilidade de um futuro melhor para milhares de pessoas desprivilegiadas que estão recebendo esse alívio tão necessário". "Isso abre o caminho para que eles encontrem empregos, moradia e outros serviços que antes eram negados a eles por causa das leis injustas sobre a maconha".

O escritório do promotor informou que o Centro de Impacto Social, uma organização sem fins lucrativos local, ajudou o condado a identificar o último lote de casos, disse o escritório de Gascón.

"Minha missão de vida é ajudar e apoiar as pessoas que sofreram o impacto da 'guerra contra as drogas'", disse a Diretora Executiva do Centro de Impacto Social, Felicia Carbajal, na segunda-feira. "Dar às pessoas com convicções de maconha uma nova chance de vida eliminando os registros é algo em que tenho trabalhado por anos e estou grato por agora podermos fazer isso acontecer".

Nenhum comentário:

Postar um comentário