Pages

Nove crianças Yanomami morreram após apresentarem sintomas de Covid-19, diz Condisi-YY

Ofício do Conselho de Saúde Indígena Yanomami e Ye’kuanna (Condisi-YY) assegura que nove crianças - com idades entre um e cinco anos, morreram em Roraima após apresentarem sintomas da Covid-19

(Foto: Raquel Uendi/ISA)


 Do Brasil 247, 28 de janeiro de 2021



247 - Um ofício do Conselho de Saúde Indígena Yanomami e Ye’kuanna (Condisi-YY) aponta que ao menos nove crianças Yanomami teriam morrido com sintomas da Covid-19 em Roraima. Segundo o presidente do Condisi-YY, Júnior Hekurari Yanomami, quatro mortes foram registradas na comunidade Waphuta e as demais ocorreram na região do Surucucu, ao norte de Roraima. O documento pede, ainda, que profissionais da área de saúde sejam enviados ao território indígena para ajudar no enfrentamento da pandemia.

Segundo reportagem do UOL, o Ministério da Saúde disse ter recebido a informação e que teria acionado o Distrito Sanitário Especial (Dsei) para verificar a ocorrência. Até o momento, a causa da mortes não foi confirmada como sendo a Covid-19.

O território Yanomami, maior terra indígena do Brasil, é uma das áreas mais afetadas pelo avanço da Covid-19. A contaminação pelo coronavírus cresceu 250% nesta região nos últimos três meses.

Nenhum comentário:

Postar um comentário