Pages

Prefeito de Wuhan alerta para risco de uma segunda onda do coronavírus na cidade

Do Sul21, abril 3, 2020
Por Revista Fórum


Wuhan. Foto Governo da China/Fotos Públicas
Foram mais de dois meses de confinamento até que finalmente, neste início de abril, a cidade de Wuhan começa levantar, paulatinamente, as restrições para a mobilidade das pessoas, marcando o fim de uma rigorosa quarentena.

Entretanto, o líder do Partido Comunista Chinês na cidade, Wang Zhonglin, fez um alerta importante nesta sexta-feira (3), pedindo que os cidadãos tenham cautela ao regressar à sua cotidianidade. “Existe um elevado risco de que a epidemia tenha uma segunda onda, portanto, devemos manter algumas medidas de prevenção e controle”.

Segundo a autoridade, que funciona como um prefeito, as recomendações são para evitar sair de casa desnecessariamente, manter os hábitos de higiene e proteção contra o contágio e evitar grandes aglomerações.

Wuhan é a cidade onde se originou a pandemia mundial de covid-19, e também a primeira a decretar uma quarentena. Após superar a barreira das 3 mil mortes, a cidade conseguiu baixar rapidamente o número de contágios e mortes, graças também às medidas de isolamento social.

A Comissão Nacional de Saúde da China confirmou, também nesta sexta, que foram registrados mais 29 casos importados de covid-19 nas últimas 24 horas, elevando a 870 o total desses infectados que vieram de fora – entre estrangeiros e chineses regressando ao país. Também se informou que há 2,4 mil casos ainda ativos de covid-19, e que 76 mil pessoas foram curadas.


Editoria: CoronavírusPalavras-chave: China, coronavírus, Covid-19, segunda onda, Wuhan

Nenhum comentário:

Postar um comentário