Pages

Fumaça dos incêndios florestais na Austrália chega à América do Sul

Partes da Argentina, Chile e Uruguai perceberam a fumaça já no dia 6. Meteorologistas apontam que emanação atingiu ainda o Rio Grande do Sul

Da Redação RBA 08 de Janeiro, 2020


Fumaça que se espalha pela América do Sul decorre de incêndios florestais que atingem a Austrália desde setembro do ano passado

São Paulo – A fumaça dos incêndios florestais na Austrália cruzou o oceano Pacífico – o maior do mundo – atingindo parte do Chile, Argentina e Uruguai. O alerta foi dado na terça-feira (7) pela Organização Meteorológica Mundial (OMM). De acordo com a agência, a fumaça percorreu mais de 12 mil quilômetros até chegar à América do Sul, sendo carregada por uma corrente de vento que se movimenta de oeste a leste do planeta.

Reportagem da TVT informa que os especialistas descartam risco à saúde da população. Na Argentina e no Chile, a fumaça já foi percebida na segunda (6), deixando o céu dos dois países avermelhados durante o pôr do sol. O serviço meteorológico argentino apontou ainda que a emanação também chegou ao Brasil, no Rio Grande do Sul, e à Antártida.

Os incêndios florestais que atingem a Austrália desde setembro do ano passado mataram pelo menos 25 pessoas e causaram perdas gigantescas na fauna e na flora do país. Em reportagem da Folha de S. Paulo, os meteorologistas preveem que na América do Sul a fumaça deve se dissipar com a chegada da chuva, o que pode acontecer entre sexta e sábado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário