Pages

Reitora da UFRJ indicada por Bolsonaro diz que o ‘ministro precisa dar as mãos para a educação’

Do DCM, 3 junho, 2019
Denise Pires de Carvalho (Foto: Reprodução/Youtube),Do jornal O Globo:



A espera da comunidade acadêmica da Universidade Federal do Rio de Janeiro ( UFRJ ) pela nomeação de sua nova reitora chegou ao fim. A confirmação da médica Denise Pires de Carvalho à frente da maior universidade federal do país foi publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial. Em entrevista ao GLOBO, a primeira reitora mulher da instituição em quase 100 anos disse que vai lutar pelo desbloqueio de verbas e afirmou que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, precisa “abrir o diálogo com a área educacional do país”.

A nova reitora defendeu a gratuidade das universidades públicas e disse que os cursos de humanas, “base das construções das universidades no mundo”, devem ser fortalecidos. Recentemente, Weintraub cogitou a possibilidade de cobrança em cursos de pós-graduação nas universidades públicas e falou também sobre a redução de investimentos em carreiras da área de humanidades. Segundo ela, sua relação com o MEC será de porta-voz das demandas da universidade para o governo a fim de tornar a UFRJ uma “potência”.

Eleita em primeiro turno na consulta à comunidade acadêmica, em abril, Denise disse que temeu não ser nomeada, mas que ficou “honrada” com a atitude do presidente, Jair Bolsonaro , de confirmar o resultado das urnas da UFRJ. A nova reitora chegou a se reunir com a bancada de deputados e senadores do Rio para falar, entre outros assuntos, sobre sua nomeação. De acordo com a lei, as universidades federais encaminham uma lista com três nomes ao presidente e ele pode escolher qualquer um, mas, desde o governo Lula, a nomeação tem respeitado o primeiro colocado da lista.

(…)

A senhora assume a maior universidade federal do país em um momento de acirramento de ânimos entre o governo e as universidades. Como deve ser sua relação com o MEC?

Vamos levar ao MEC as demandas da universidade e esperamos que ele atenda a maior federal do país. Espero que a manutenção e o fortalecimento das instituições públicas de ensino superior seja um projeto ao qual o governo seja sensível. Estarei unida com toda a comunidade da UFRJ para que sejamos atendidos. Vamos procurar o governo para que ele atenda as demandas dessa instituição centenária. Vou lutar junto ao governo para que sejamos atendidos nas nossas demandas essas que são justas. Não somos só a maior, somos uma das melhores. Espero que o governo entenda que queremos voltar a ser a melhor federal do Brasil e queremos passar a ser a melhor federal da América Latina, e que o governo nos ajude a ser uma potência em termos de promoção de conhecimento e formação de pessoal.

(…)

Nenhum comentário:

Postar um comentário