Pages

Pré-sal representaria crescimento de 10% ao ano do PIB, mas está sendo entregue

Do Tijolaço, 18 de Junho, 2019
POR FERNANDO BRITO 


O engenheiro Roberto Moaraes, em seu blog, usando uma estimativa conservadora – que não leva em conta a possibilidade de novas jazidas gigantes a serem descobertas, apresenta algumas informações sobre as quais deveríamos, agora, estar pensando.

Diz eles que as reservas de petróeo e gás do pré-sal equivalem a 7 vezes o PIB brasileiros. Dividindo este valor por uma exploração em 20 anos – tecnicamente bem perto do horizonte dos campos de petróleo – isso asseguraria ao país, em média, um crescimento anual de 10% do Produto Interno Bruto.

Para onde os otimistas cruzam os dedos para ter um rídículo 1% de expansão do PIB, vejam que crescimento para o país.

Mas, diz ele, é isso o que está sendo tirado dos brasileiros com a política de entrega destas reservas:

Infelizmente, grande parte disso está sendo entregue a preço vil para as petroleiras privadas estrangeiras (IOCs), depois de ter sido descoberto pela Petrobras.

Como os novos donos desse petróleo e gás extraídos, as petroleiras estrangeiras decidem o que fazer de sua produção e certamente levarão a maior parte para ser beneficiada fora do país, onde suas receitas se multiplicarão, na medida em que o produto processado ganha mais valor.

Da mesma forma, serão eles que decidirão onde e com quem comprar (ou fretar) plataformas, equipamentos, serviços e tecnologia que deixarão de empregar até 8 milhões de pessoas no Brasil (em funções de altas qualificações) na próxima década.


Depois de descoberta por geólogos brasileiros, de uma empresa brasileira, em águas brasileiras, diz Moares, a jóia da coroa está sendo entregue a preço de xêpa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário