Pages

EDUARDO MOREIRA: DIAS DE BOLSONARO ESTÃO CONTADOS



Do 247, 13 de Março, 2019


O economista e escritor Eduardo Moreira, que já foi banqueiro e hoje é um dos maiores influenciadores digitais, acredita que o presidente Jair Bolsonaro não terminará o seu mandato; "Imagina o mundo todo sabendo que o assassino de Marielle, que todos conhecem, era vizinho e consogro do presidente da república. Dois dias depois do vexame pornográfico. Os dias de Bolsonaro estão contados, os banqueiros e empresários não vão arriscar perder o poder", disse Moreira pelo Twitter

247 - O economista e escritor Eduardo Moreira, que já foi banqueiro e hoje é um dos maiores influenciadores digitais, acredita que o presidente Jair Bolsonaro não terminará o seu mandato.

Segundo Moreira, os desdobramentos do assassinato da vereadora Marielle Franco irão contribuir para aumentar o desgaste político do presidente, a ponto dele não manter sustentação no cargo, perdendo principalmente o apoio da elite financeira do País, interessada na reforma da Previdência.

"Imagina o mundo todo sabendo que o assassino de Marielle, que todos conhecem, era vizinho e consogro do presidente da república. Dois dias depois do vexame pornográfico. Os dias de Bolsonaro estão contados, os banqueiros e empresários não vão arriscar perder o poder", disse Eduardo Moreira pelo Twitter.

Nesta segunda-feira, 12, a Polícia Civil e o Ministério Público do Rio de Janeiro apresentaram o sargento reformado da PM Ronnie Lessa como o suspeito de efetuado os disparos que mataram Marielle e o seu motorista Anderson Gomes. Lessa mora no mesmo condomínio que o presidente Jair Bolsonaro na Barra da Tijuca, no Rio (leia mais). E o suspeito de dirigir o veículo em que Ronnie Lessa estava, o ex-PM Élcio Vieira de Queiroz, aparece em foto com Bolsonaro (leia mais).

Imagina o mundo todo sabendo que o assassino de Marielle, que todos conhecem, era vizinho e consogro do presidente da república. Dois dias depois do vexame pornografico. Os dias de Bolsonaro estão contados, os banqueiros e empresários não vão arriscar perder o poder— Eduardo Moreira (@eduardomoreira) 12 de março de 2019

Nenhum comentário:

Postar um comentário