Pages

Indígenas em PE sofrem novo ataque que estaria ligado à disputa por terras

Do DCM,  9 dezembro, 2018
Por Aliny Gama, publicada no UOL



Reportagem de Aliny Gama, publicada no UOL, informou que a aldeia indígena Bem Querer de Baixo, em Jatobá (PE), foi alvo de novos ataques no último sábado (8): a igreja católica da localidade sofreu uma tentativa de incêndio e teve vidros e portas quebrados.

É o segundo incidente do tipo em menos de dois meses: há 41 dias, a única escola e o único posto de saúde da localidade foram incendiados. Ontem, como no ataque anterior, ninguém ficou ferido.

Os prédios atacados estão próximos à área de conflito com posseiros, dentro da Terra Indígena Pankararus. Para lideranças dos índios, que temem represálias e pediram para não ser identificados, os atentados estão ligados à disputa por terras.

Em setembro, 12 famílias de posseiros que moravam na aldeia foram retiradas da área que ocupavam ilegalmente. A desocupação precisou de força policial, já que os posseiros se recusaram a cumpriram ordem judicial de deixar o local. Posseiros ameaçaram os índios, de acordo com relatos.

Os Pankararus afirmam que diversas casas que, segundo o acordo judicial, deveriam ser transferidas aos índios, foram queimadas. Eles também dizem receber ameaças de que os posseiros envenenariam as águas utilizadas pela aldeia.

Para ler a reportagem na íntegra, clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário