Pages

ARNALDO JABOR E WAGNER MOURA APOIAM MANIFESTO DE 15 MIL ASSINATURAS CONTRA BOLSONARO



Do 247, 17 de Outubro, 2018


À medida que as eleições se aproximam e que a ameaça à democracia vai se tornando mais perigosa com uma candidatura fascista que se mantém em evidência às custas de fake news e fugas múltiplas da cobertura da imprensa, artistas começam a se reunir para pedir apoio à candidatura do campo democrático; Wagner Moura e Arnado Jabor - que já foi um ferrenho antipetista - se juntaram ao cineasta Walter Salles, ao economista Eduardo Gianetti, ao editor Luiz Schwarcz e o historiador Boris Fausto para rechaçar a ameaça à liberdades democráticas postas na candidatura ultra-direitista de Bolsonaro
247 - À medida que as eleições se aproximam e que a ameaça à democracia vai se tornando mais perigosa com uma candidatura fascista que se mantém em evidência às custas de fake news e fugas múltiplas da cobertura da imprensa, artistas começam a se reunir para pedir apoio à candidatura do campo democrático. Wagner Moura e Arnado Jabor - que já foi um ferrenho antipetista - se juntaram ao cineasta Walter Salles, ao economista Eduardo Gianetti, ao editor Luiz Schwarcz e o historiador Boris Fausto para rechaçar a ameaça à liberdades democráticas postas na candidatura ultra-direitista de Bolsonaro.

A reportagem da jornalista Mônica Bergamo no jornal Folha de S. Paulo destaca que são "mais de 15 mil pessoas que assinam um manifesto suprapartidário contra a eleição de Bolsonaro e que será divulgado nos próximos dias".

Segundo ela, "o objetivo do grupo é cobrar das 'lideranças políticas democráticas e da sociedade civil que se empenhem num entendimento mais amplo para enfrentar o risco' que a eleição do capitão reformado representaria".

Nenhum comentário:

Postar um comentário