Pages

Ex-ministro da Defesa repudia ameaça de Trump à Venezuela

Foto: Agência Brasil
Do GGN, 12 de Agosto, 2017

Jornal GGN - O ex-ministro da Defesa Celso Amorim repudiou a declaração de Donald Trump sobre não descartar a hipótese de intervir na Venezuela com a "opção militar".

Na sexta (11), o presidente dos Estados Unidos fez um discurso admitindo que poderia apelar para as armas "se for necessário", porque a Venezuela, em sua visão, estaria afundando em uma "bagunça muito perigosa", com "pessoas sofrendo, morrendo" no governo Maduro.

Para Celso Amorim, as nações vizinhas não podem se calar diante do insulto à soberania da Venezuela e risco de provocação de uma guerra civil.

"A ameaça de uso da força tem que ser repudiada com veemência. Além de violar princípios básicos do Direito Internacional, ameaça trazer uma guerra civil (um novo Vietnã) para a América do Sul e a nossa fronteira", disse o ex-chanceler.

"Embora não tenha dúvida sobre quem será vitorioso e quem será derrotado, uma guerra civil trará sofrimentos indizíveis ao povo venezuelano. Não podemos ficar indiferentes diante da agressão e da tragédia", acrescentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário