Pages

40% das empresas vão falir em 10 anos, diz ex-CEO de maior empresa do mundo

Do IHU, 04 Agosto 2017
Por Felipe Moreno, publicada por StartSe


John Chambers, CEO (Chief Executive Officer) da Cisco por 20 anos profetizou algum tempo atrás: “40% das empresas vão falir nos próximos 10 anos”. O que faz com que ele tenha uma visão tão forte sobre o futuro? A internet das coisas e a grande mudança que isso vai trazer para as próximas décadas. Basicamente, todos os produtos e serviços estarão digitalizados, de um jeito ou de outro.


Para ele, isso vai fazer a economia dar uma reviravolta gigantesca: empresas acomodadas e sem inovação vão falir, dando espaço para novas empresas alinhadas com as inovações deverão tomar seus lugares – uma tendência que já está ocorrendo com milhares de startup de tecnologia ganhando proeminência.

“40% das empresas no Reino Unido não vão existir mais substancialmente nos próximos 10 anos, o mesmo com os Estados Unidos”, disse. E isso vale para a própria Cisco: ele deverá trabalhar profundamente para que a empresa dele, que já foi a mais valiosa do mundo no final da década de 90, fique no “lado errado dos 40%”.

Serão 50 bilhões de aparelhos conectados em 2020 e 500 bilhões (sim, esse número não está errado) em 2030. Isso deverá mudar completamente todos os negócios e todas as produções: por exemplo, a gigante Tyson Foods instalou IoT em uma das suas fábricas e teve um retorno de 5 vezes no capital investido em pouquíssimo tempo, apenas economizando em salsicha.

A Cisco é uma das empresas que buscam aumentar a penetração da internet das coisas no mundo. “A gente acredita que podemos mudar o mundo. Não somos a companhia perfeita, não sou o líder perfeito, mas temos crenças muito fortes”, destaca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário