Pages

STF determina afastamento de Aécio do mandato; irmã tem mandado de prisão decretado

Medida cautelar atende a pedido da Procuradoria-Geral da República e também pede que o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) seja afastado


Da RBA, 18 de Maio, 2017
por Redação RBA 


PF cumpre mandados de busca e apreensão em residências de Aécio na manhã desta quinta-feira (18)

A Polícia Federal cumpre na manhã desta quinta-feira (18) mandados de busca e apreensão em residências do senador e presidente nacional do PSDB Aécio Neves (MG) no Rio de Janeiro, Brasília e em Belo Horizonte. O Supremo Tribunal Federal (STF) também determinou, por meio de medida cautelar, o afastamento do parlamentar e do deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) de seus mandatos.

O Supremo autorizou ainda a prisão preventiva de Andrea Neves, irmã de Aécio. Ela teria pedido dinheiro em nome do senador para Joesley Batista, presidente da JBS, em conversa que teria sido gravada. Até o início da manhã Andrea não havia sido localizada.

Além das residências do senador, agentes da Polícia Federal cumprem também mandado de busca e apreensão nos gabinetes de Aécio, Rocha Loures e do senador Zezé Perrella (PSDB-MG).

Loures é suplente do ministro da Justiça Osmar Serraglio e teria sido indicado pelo presidente Michel Temer para "resolver um problema" na J&F, que controla a JBS. O parlamentar teria sido filmado recebendo dinheiro e acompanha o prefeito de São Paulo João Doria em uma viagem à Nova Iorque.

Nenhum comentário:

Postar um comentário